fbpx

O sistema de buscas do Google é extremamente técnico e criterioso. É preciso atender uma série de variáveis para que o conteúdo fique bem posicionado pelo buscador, neste artigo não vamos abordar todos os critérios mas vamos falar do conteúdo.

Um destes critérios é ter um texto original e com relevância para os usuário que o leem, tanto na forma de escrita como na abordagem e na definição do conteúdo que será usado como tema principal do artigo. Existem diversas explicações para isso, desde a punição para quem publica texto plagiado até a evolução da internet, onde as empresas mais bem preparadas ocupam liderança no Google.

Atualmente, as grandes companhias de Tecnologia da Informação, como é o caso do Google, estão usando ferramentas para aproximar, cada vez mais, a experiência do usuário da internet com a perspectiva humana. A originalidade precisa ser usada em vários sentidos:

Ainda em um texto original, além de ideias próprias, o conteúdo deve ser usado para informação. E neste caso, quanto mais completo for o artigo, melhor. Assim, o leitor pode acessar apenas 1 texto e encontrar todas as respostas que ele precisa para aquele assunto, ou para determinada palavra-chave.

Quais alguns são os critérios técnicos que o texto original deve ter para ficar bem ranqueado no Google?

As estratégias de SEO exigem do redator conhecimento, experiência e desenvoltura. Afinal de contas, o texto precisa ser original, interessante, bem escrito e técnico. Alguns fatores interferem diretamente na otimização do conteúdo. Entre eles estão os seguintes:

Escolha das palavras-chave – O planejamento do conteúdo pode ser feito para palavras-chave pouco ou muito disputadas.

Densidade de palavras-chave – Este critério de repetições de palavras-chave é planejado de acordo com o tamanho do texto, em torno de 2% costuma ser o ideal.

Tamanho do artigo – O redator precisa levar em conta o tamanho do texto que está sendo escrito e onde ele será publicado.

Qualidade do texto – Escrever um texto informativo para atender ao público e não um artigo raso, voltado para repetição de palavras-chave.

Texto 100% original – As cópias e plágios, além de prejudicarem o posicionamento, são passíveis de punição do Google e até mesmo processos na Justiça.

Otimização das tags – É preciso escrever uma meta description de qualidade e usar a palavra-chave para melhorar o ranqueamento.

Tamanho do texto é importante para posicionamento no Google

O tamanho do texto pode influenciar bastante no posicionamento do Google. Atualmente, este é um critério muito importante para a produção de conteúdo e torna o trabalho ainda mais profissional, pois escrever um artigo já é difícil para muitas pessoas, principalmente elaborar um texto grande e de qualidade, capaz de abordar as técnicas de SEO.

As atuais boas práticas de SEO mostram que os conteúdos escritos para o usuário da internet precisam ser cada vez mais completos. Isso significa deixar o usuário satisfeito. Na maioria dos casos, isso só é possível em um artigo completo e que acaba ficando um pouco maior.

Agora, em termos de quantidade de palavras, existe uma regra que deve ser seguida obrigatoriamente? Não! Seu texto ficou com menos de 1000 palavras e está bem completo? Perfeito! Não é necessário ficar criando argumentos só para deixar o texto mais denso e acabar enrolando o leitor sem adicionar alguma informação bacana.

O contrário também é verdadeiro. Se o texto está com 500 palavras e há informações suficientes para deixá-lo com 1000 palavras, não perca tempo e oportunidade, elabore um conteúdo completo, pensando sempre em se tornar uma referência no assunto para os leitores. O tamanho está adequado de acordo com o conteúdo disponível para ser abordado para a palavra-chave.

Profissionais especializados em conteúdo e SEO para o Google

O ideal é sempre profissionalizar o serviço para otimizar os resultados. Atualmente, diversas agências oferecem o trabalho de produção de conteúdo para SEO, criam estratégias completas para trabalhar as principais palavras-chave vinculadas ao negócio do cliente, com foco em buscas orgânicas. Além de qualidade, as agências estão comprometidas e atualizadas sobre os critérios de busca do Google.

A 23 Studios é uma Agência de Marketing Digital localizada em Campinas e uma de suas estratégias é o Marketing de Conteúdo, podemos te ajudar a produção de pautas, conteúdos, ou treinar sua equipe para começar a produzir conteúdo relevante.

Para mais informações, entre em contato!

Toda empresa precisa se adequar e evoluir para sobreviver, principalmente nos dias de hoje, em que a competitividade entre as organizações está acirrada em todos os mercados. Não importa se você, empreendedor, tem uma pequena, média ou grande empresa, em algum momento da sua trajetória, você vai perceber que é preciso investir em marketing digital para continuar competitivo e com uma presença notável no mundo digital.

Isso ocorre por que a evolução tecnológica e a democratização do acesso a smartphones e computadores mudaram radicalmente os padrões de consumo da população. Basta que você pense em sua própria rotina: quando precisa encontrar algum produto ou serviço específico, onde é mais fácil encontrá-lo? A resposta é: no Google!

Nesse contexto, chega-se a uma conclusão bastante óbvia: quando falamos em planejamento de marketing digital, sua empresa tem duas escolhas: amá-lo e crescer ou odiá-lo e morrer com o inevitável esquecimento do público consumidor. Parece catastrófico demais, mas é verdade. Os novos consumidores estão adaptados e, mais do que isso, condicionados a buscarem produtos e serviços online. Sendo assim, sua empresa precisa estar na internet para sobreviver.

Para os negócios mais tradicionais, nos quais os gestores ainda encaram o marketing digital como um mistério a ser desvendado, contar com o auxílio de uma agência de marketing digital é a chave para campanhas digitais mais sólidas, principalmente, é a maneira mais segura de planejar o marketing digital e evitar erros.

 

 

Como planejar os investimentos e as ações em marketing digital?

O planejamento de marketing digital deve ser feito a partir de um diagnóstico inicial da realidade de cada empresa. Em primeiro lugar, deve-se definir: quem  é o cliente em potencial, como alcançá-lo, o que ele espera e o que pensa. Também é importante levar em consideração o histórico de cada empresa, seu setor de atuação, sua cultura e a forma como ela deseja abordar seus clientes
no universo digital.

É preciso definir o posicionamento da empresa, os canais mais adequados para a sua comunicação e publicidade online, o orçamento disponível para as ações de marketing digital e seus objetivos.

Fazer um planejamento minucioso. E isso significa que este planejamento não pode ter apenas duas linhas, mas precisa ser estruturado com começo, meio e fim.

Veja algumas dicas importantes:

1 – O planejamento de Marketing Digital deve conter todas as ações que serão executadas no ambiente online para destacar uma empresa. A construção da estratégia precisa ter objetivos, características do negócio, pesquisa do mercado, metas claras de comunicação, análise da concorrência, identificação do público e da linguagem mais adequada e plano de ação.

2 – Começar a colocar o planejamento de marketing digital em prática exige a escolha dos canais de comunicação que serão utilizados, a definição das campanhas de mídia paga, a produção de conteúdo original, o cronograma de publicações em redes sociais e blog, a distribuição do conteúdo na internet, o monitoramento dos resultados e a análise para atualizações das estratégias.

Erros que devem ser evitados no planejamento de

Para que o planejamento de marketing digital seja eficiente é preciso ter em mente a função principal desse tipo de estratégia e evitar que falhas na comunicação prejudiquem a mensagem de chegar até as pessoas.

É importante entender o perfil do cliente que se deseja alcançar. Outra dica importante é segmentar a comunicação para cada persona, além de diversificar os canais, direcionando os investimentos para as plataformas que garantem melhores alcances, como Facebook, Instagram, Twitter, Youtube, entre outras mídias sociais. Mensurar a visibilidade e o alcance das publicações é uma forma de evitar o desperdício de dinheiro.

Outro erro que deve ser evitado é a falta de frequência nas postagens. É fundamental que as publicações nas redes sociais tenham uma regularidade preestabelecida no planejamento de marketing digital. Toda comunicação deve ser feita de forma inteligente e postada nos dias e horários de pico, que proporcionam maior alcance e resultados mais efetivos.

 

Conheça os principais erros ao escrever um texto para um post

Para escrever um texto de qualidade para um post para blog, Facebook, Instagram, entre outros canais de interação com o público, é preciso tomar alguns cuidados essenciais. Alguns erros são muito comuns e comprometem não somente o texto, mas a imagem de uma empresa ou de um prestador de serviço. O trabalho de produção de conteúdo para a internet está cada vez mais profissionalizado. Por isso, é necessário ficar cada vez mais atento a todos os detalhes, principalmente aos que vamos apresentar a seguir.

Falta de definição do tema e de estrutura lógica

Muitas pessoas escolhem um tema para escrever, definem as palavras-chave, mas se perdem no meio do caminho. O texto começa a ser escrito e perde o sentido e falta conexão entre o começo, o meio e o fim. Por isso, é preciso definir tema e delimitação de tema, além de palavras-chave. Por exemplo:

 

Texto de 400 palavras sobre carros

Tema: automobilismo

Delimitação do tema: Carros 1.0 são bastante econômicos

 

A partir disso, é possível criar uma estrutura lógica para o texto em um espaço para rascunho, deixando o texto interessante e organizado. Também é importante destacar que os textos para blog e rede social podem ser feitos em ordem direta, frases curtas e mensagem simples. Isso é, são textos de leitura rápida. É importante manter o raciocínio do começo ao fim.

 

Outra dica importante para não errar na hora de estruturar o texto é elaborar o conteúdo sempre do item mais generalista até o ponto principal do tema, nunca o contrário.

Qual o público-alvo do texto?

Quais são as pessoas que vão ler o texto? Você já tem o perfil do público? Saber para quem o texto está sendo escrito é fundamental para a definição da linguagem mais apropriada. Este trabalho vem antes mesmo de o texto ser escrito. Quem não pesquisa sobre o leitor, fatalmente cometerá um grande equívoco.

O público é formado em sua maioria por homens ou mulheres? De que idade? Pessoas com quais tipos de interesse? Qual é a melhor abordagem para este público? Qual linguagem agrada mais, formal ou coloquial? É um público que gosta de ler na internet?

É importante concentrar o máximo de informações sobre os leitores, sua localização, seus desafios, hábitos, histórias, motivações, entre outros pontos. Tudo isso vai ajudar bastante na composição do conteúdo mais agradável para cada público.

Cometer erros de escrita é um dos erros mais comuns

Os erros de concordância verbal, concordância nominal, ortografia, pontuação, acentuação, conjugação verbal e outros, podem comprometer a credibilidade de uma empresa e são péssimos para a imagem de um profissional liberal, em uma página de Facebook de uma empresa, para o blog de uma empresa e até mesmo para sua imagem pessoal.

Os erros de português tiram a credibilidade do conteúdo, passam uma impressão de conteúdo amador, feito às pressas, sem preparo, pesquisa ou dedicação. Enfim, o texto não fica adequado para fins profissionais.

Além de prejudicar a imagem do cliente, os textos com erros de português são mais difíceis de serem lidos, pois a falta de pontuação torna o conteúdo confuso e bagunçado. Os erros de ortografia podem distorcer a comunicação, e a falta de apenas uma vírgula pode modificar o sentido da frase. Este é um problema sério!

A orientação para evitar estes tipos de problemas é contratar um profissional, seja para escrever o texto ou para fazer a revisão do artigo. A releitura é muito importante, serve para encontrar falhas e corrigi-las antes da publicação. Também é possível contar com ferramentas como corretor ortográfico e, no caso do uso de expressões em outro idioma, uma ótima pesquisa é fundamental para se certificar tanto da grafia como do significado.

Evite textos curtos ou longos demais, com pouca informação!

Este é um dos erros mais comuns, elaborar textos grandes demais para um tema simples, ou o contrário, fazer uma abordagem muito superficial de um assunto que exige pesquisa profunda e um nível maior de detalhes. O público tende a ficar muito frustrado com textos prolixos ou incompletos. Outro erro comum em textos muito longos é a repetição de palavras-chave, textos sem informação, feitos apenas para gerar tráfego através da busca orgânica.

Realizar uma boa pesquisa é fundamental para escrever um texto com conteúdo relevante, bem informativo e com alguns diferenciais. Se possível, busque consultar fontes próprias. Se vai escrever sobre saúde, pesquise em diversos sites médicos, assista a alguns vídeos, separe as informações mais relevantes por tópicos e só comece a escrever o texto quando tiver certeza de que o conteúdo será útil para os seus leitores!